TREINO EM JEJUM: AJUDA A EMAGRECER?

por: / terça-feira, 14 julho 2015 / Publicado emNoticias
Trein_em_jejum

De um modo geral, as pessoas que frequentam academia, ou procuram fazer alguma atividade física regular se preocupam, ou já se preocuparam, com o acúmulo de gordura. Ter o corpo magro é um sinônimo de cuidar bem da saúde.

Para alcançar as pessoas procuram fazer as mais variadas dietas, tomam medicamentos, a rotina de exercícios cada vez mais sofre alguma modificação (mesmo que seja apenas no nome da atividade). Ou seja, estão sempre sujeitas a testar alguma novidade que prometa resultados rápidos e sem muito sofrimento.

Pensando justamente nessa ideia é que alguns frequentadores de academia (apoiados por alguns professores) iniciaram o “treinamento em jejum”, com a promessa de que cada treino em jejum ajudaria a queimar mais gordura.

A ideia por trás dessa colocação é bem antiga, mas ganhou novo fôlego com a publicação do livro Body for Life, de Bill Phillips. Mas, afinal, o treinamento em jejum contribui para uma maior mobilização de gordura, ou não?

Vários estudos têm rodeado essa questão e investigações controladas em laboratórios, estudando os mais variados tipos e situações de treino foram feitas. O que se sabe é que o treino em jejum leva o organismo a poupar glicose e induz a uma maior mobilização de gordura, não só durante o exercício, como também após o seu término. Entretanto, quando estamos com falta de alimento, energia, o corpo inicia uma fase que podemos chamar de “ racionamento de energia”, ocorrem uma diminuição do gasto energético (Lee, et. Al, 1999). E esse racionamento pode ser extremamente prejudicial ao gasto de gordura.

Que existem estudo que reforçam o uso de exercícios em jejum para o emagrecimento, isso é facilmente contatado fazendo um levantamento de alguns estudos, como: Utter, et. al, 1999; Calles-Escandon et. al., 1991; Gentil, 2002; Santos (2009); Ainda assim, não podemos relatar que existam um consenso, ou mesmo uma congruência de provas que reforcem a indicação de fazer exercícios em jejum favorece o emagrecimento.

A prática de exercícios em jejum é defendida por alguns e fortemente criticada por outros. O treino pode trazer alguns benefícios, quando comparado a situação de sedentarismo. Ou seja, apenas o fato do indivíduo estar praticando alguma atividade, ele estará beneficiando a sua composição corporal, seus parâmetros de saúde e melhorando sua performance. Mas, dizer que o treino em jejum queima gordura de forma mais eficiente, por razão do estado hormonal, ainda se faz necesários mais pesquisas para se considerar tal afirmação.

Referencias:

– COSTA, R.F. Composição corporal: Teoria e prática. Ed. Manole, 2001.

– Gentil, P. Atividade física em jejum. GEASE.

– MARANGON, A.F.C. WELKER, A.F. Otimizando a perda de gordura corporal durante o exercício. Universitas Ciencias da saúde, 2000.

– SANTOS, R.B. Queimando gordura com eficiência, 2009.

Deixe uma resposta

TOP